De acordo com o Tantra (sistema filosófico da Índia), existem três ferramentas que podemos utilizar para expandir e libertar a consciência dos seus condicionamentos: Mantra, Yantra e Mandala. A forma mais conhecida é o Mantra e consiste na vocalização de sons e sílabas específicas, normalmente em sânscrito, língua antiga da Índia. A segunda ferramenta é o Yantra.

Yantra consiste num símbolo geométrico utilizado para concentração de forma a desvendar o potencial escondido na consciência; forma visual do mantra usado para concentração ou meditação1.

Um mantra tem normalmente a ele associado um Yantra. Quando utilizados em simultâneo forma-se uma mentalização poderosa, que conjuga a natureza do som e a natureza do símbolo (a mesma essência), que potencia o efeito da técnica de concentração ou meditação.

Nos nossos retiros é tradição haver uma prática dedicada à coloração de um Yantra. Esta prática concilia a pureza de uma criança que pinta e cria um desenho com o potencial do Yantra aliando num só momento pureza, criatividade e expansão da consciência.

Este ano o Yantra escolhido foi o Durga Yantra. Durga na mitologia hindu representa a Shakti (energia feminina eterna e primordial) fonte inesgotável de amor divino. É o símbolo da superconsciência, o princípio criativo, preserverante e protetor do mundo criado.

Nesta galeria podem ser visualizados vários momentos de criatividade que foram captados durante esta prática de Yoga no nosso retiro de Junho 2014, no Monte mariposa. Disfrutem destas imagens lindíssimas e poderosas e se for o caso, descubram o vosso Yantra. Não foi possível captá-los todos, pelo que se tiverem o vosso e não estiver aqui representado, enviem-nos uma foto para o adicionarmos a esta magnífica galeria.

1Sanskrit Glossary of Yogic Terms, Bihar School of Yoga, 2007

[g-gallery gid=”4244″ random=”0″ watermark=”0″]