Hoje celebra-se o Basant Panchami, dia de conexão com Saraswati, que representa na tradição indiana o arquétipo de expansão da consciência na sua expressão mais elevada e refinada, por isso é vista como deusa das artes e do conhecimento supremo. Celebra-se também o aniversário da inauguração da Escola de Yoga de Bihar. Neste dia em 1964, Swami Satyanada Saraswati acendeu simbolicamente a chama numa lamparina que ainda hoje é mantida acesa. Por esta ocasião, aqui fica um poema do Swami Satyanandda, dedicado a Saraswati:

Maha Saraswati

Saraswati, Maha Saraswati,
Deusa do verdadeiro conhecimento e da verdadeira beleza,
Inspira as nossas mentes e desperta os nossos corações.
Ao teu serviço o homem é libertado,
A sua mente entorpecida torna-se brilhante
E a sabedoria manifesta-se no seu interior.
A tua dádiva ao mundo é o yoga,
O caminho para a liberdade, o amor e uma vida criativa.

Oh, Mãe Saraswati,
Fonte de todas as escrituras sagradas e cantos vedicos,
Mestra das sessenta e quatro belas artes,
Todas as artes da vida.
Tu simbolizas a essência do tantra,
Da consciência libertada,
Expansão de todas as nossas capacidades humanas.
Tu és a criatividade e a intuição,
A expressão de Brahma que criou o cosmos.
Oh Saraswati, sentada no interior do lótus no cisne
Com um livro e uma veena, mãos no gesto da benção,
É o teu grandioso trabalho que fazemos.

No ajapa japa quando o mantra se altera por si mesmo
De soham para hamso,
Isto representa sabedoria e discernimento,
o cisne em que te sentas.
Aí imersa em meditação
Sobre o lótus do desapego
Todos os nossos samskaras, bons e maus,
Começam a emergir e a ser eliminados.
Nas tuas mãos tocas a veena,
As suas vibrações ressoam pelo mundo inteiro
Direcionando as emoções humanas.
Os instrumentos de afinação são os sentidos deste corpo
Através do qual podemos alcançar o equilíbrio na vida.
Enquanto a escala ascende por sushumna
Cria um fundo através dos chakras
Até à nossa consciência expandida.

O teu rosto está repleto de amor e compaixão.
Radiante e branco
Como a flor de jasmim ou a lua
Tu buscas inspiração
Do poço profundo da espiritualidade
E através de ti
A inspiração flui para o mundo sedento.
A nossa ordem de sannyasa é Saraswati,
Inspirados pela tua intuição
Que concede conhecimento cósmico.

O akhanda jyoti, a luz eterna,
Que arde neste ashram
Desde a sua fundação em 1964,
No teu dia de celebração,
Simboliza a remoção
De toda a escuridão e doença
Ambas mental e física
Através da ciência do yoga.
Este é o teu trabalho,
A inspiração de Saraswati,
O expandir da luz através do yoga.

Swami Satyananda Saraswati